Ganhe 15% OFF em sua primeira compra, use o cupom PRIMEIRACOMPRA

Tudo o que você precisa saber sobre a saúde bucal do seu pet

Saúde bucal

Tudo o que você precisa saber sobre a saúde bucal do seu pet

Que a higiene bucal é essencial para evitar uma série de doenças, todo mundo sabe. Mas essa também deve ser uma preocupação com os bichinhos de estimação.

Cuidado nunca é demais

Os restos de alimentos que ficam na boca do animal contribuem para a proliferação de bactérias que causam inúmeras doenças, como o tártaro. Quando não tratado, ele ocasiona mau hálito e, também, a perda definitiva dos dentes.

Outra doença que pode ser causada por bactérias que se proliferam na boca é a endocardite, uma inflamação que atinge a membrana interna do coração (endocárdio).

A falta de higiene bucal também é uma das causas da insuficiência renal em cães e gatos.

Quando procurar ajuda veterinária?

Listamos, abaixo, cinco motivos que indicam a necessidade de realizar exames orais regularmente. Confira:

  • Possuir mais de 3 anos de idade
  • Ter tártaro
  • Apresentar dentes mal posicionados
  • Demonstrar salivação excessiva
  • Possuir dificuldade de mastigar o alimento

Escovação diária é fundamental

A escovação pode e deve ser feita todos os dias, com movimentos circulares, por aproximadamente sete minutos. O ideal, de acordo com especialistas, é acostumar seu pet desde filhote. No entanto, o cão adulto que ainda não higieniza a boca também precisa se acostumar à escovação.

Quer uma mãozinha?

Separamos algumas dicas e informações importantes para o momento de higienização bucal do seu bichinho.

Pasta dental

Nunca utilize pasta dental para humanos, porque o teor de flúor presente nelas é tóxico para os animais. A pasta dental veterinária tem um sabor agradável para os bichinhos, e facilita a escovação de seus dentes. No entanto, seu uso não é obrigatório, pois a fricção da escova já é suficiente para uma boa higienização.

Escova ideal

Utilize com delicadeza uma escova dental com cerdas macias para evitar lesões. As escovas para humanos podem ser utilizadas, porém as versões veterinárias têm a vantagem da ergonomia, já que são desenvolvidas conforme a anatomia oral dos pets.

Existe maneira correta de escovar os dentes do pet?

Sim! Para uma escovação eficaz, seu pet deve estar bem acomodado.

Carícias e mimos ajudam a deixá-lo receptivo para o momento da escovação. Assim, é só posicionar a escova em um ângulo de 45° em relação à superfície dos dentes, para que as cerdas penetrem suavemente no sulco gengival.

Faça sempre movimentos circulares. 

Comece pelos dentes do fundo, no caso dos cães, pois eles aceitam melhor do que se a escovação for iniciada pelos dentes da frente.

Para habituar o animal, comece escovando apenas a face externa de alguns dentes posteriores. A cada sessão, vá aumentando gradativamente a quantidade de dentes escovados. Conforme ele for se acostumando com o hábito, abra a boca delicadamente e faça a higiene também na superfície interna.

Alternativas à escovação 

Brinquedos próprios para higienização bucal, como ossinhos e bolinhas, também são uma alternativa. No entanto, é importante lembrar que embora ajudem na prevenção do problema, não erradicam totalmente o mau hálito e o tártaro.

Outra opção para prevenção são os enxaguatórios bucais veterinários e, também, as barras mastigáveis enzimáticas. Mas, lembre-se: nenhum deles substitui a escovação diária. 

Se você procura por produtos para uma higienização bucal do seu bichinho, visite nossa loja virtual. Na Agrodel você encontra o melhor para seu amigo, com preços e condições super especiais.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *